O SOL EM TOURO (O TAURINO)

Por Vanessa Chrystina R. Tuleski

Principal Característica: estabilidade
Qualidade: lealdade, persistência
Defeito: teimosia, conservadorismo

 "Touro: a ti Eu dou o poder de transformar a semente em substância. Grande é a tua tarefa, requer paciência; pois tens que terminar tudo o que foi começado, para que as sementes não sejam dispersadas pelo vento. Não deves mudar de idéia no meio do caminho, nem depender dos outros para a execução do que te peço. Para isso, Eu te concedo o Dom da Força. Trata de usá-la sabiamente!"
E Touro voltou ao seu lugar.
(Original de Martin Schulman – Karmic Astrology: The Moon’s Nodes and Reincarnation, 1977)

 Os animais comem para viver, mas o Touro, animal que dá nome a esse signo, parece viver para comer. Isso dá a dimensão do modo como Touro enfoca o lado material e físico da vida. Quando criado solto, o Touro vai se deslocando para as pastagens mais verdejantes. Este é o símbolo do temperamento prático do taurino: nenhum signo procura tanto o que bom para si (e para quem é afetivamente ligado) como o taurino. O taurino tem um inato reconhecimento do que é bom, prazeroso, de qualidade, e não tem 'problemas morais' ou inibições em se cercar dessas coisas. Vê com tranqüilidade o fato de a ‘vida ser sobrevivência’, mas, ao mesmo, têm ‘antenas’ ligadas para a vida: mais do que qualquer outro signo, Touro vive no presente, e tem um desejo muito grande de ‘aproveitar este presente’.

O aparelho digestivo do Touro comporta a ruminação, isto é, mastigar o que já foi engolido. Portanto, quando não está comendo algo novo, o Touro está ruminando. Isso fala mais uma vez sobre a necessidade de segurança e estabilidade do taurino. De CERTEZAS! A ruminação também está ligada ao sentido de aproveitar algo até o fim. É essa a atitude de Touro diante do prazer, da boa comida ou do que quer que possa ser prolongado. Touro sabe que as coisas acabam (tem por signo oposto, Escorpião, ligado ao reconhecimento da realidade do final ou morte), por isto concentra-se fortemente no momento em que pode desfrutar delas. Porém, sabidamente, Touro muitas vezes tem problemas para finalizar coisas, justamente por causa deste 'apego'. Não raro, a iniciativa tem de partir do outro, mesmo quando é ELE quem mais gostaria de terminar com algo. 

Evidentemente, também existe o instinto sexual e agressividade (simbolizados por Marte), e um Touro no auge de sua potência é um animal perigoso. Castrado, torna-se o boi, um animal plácido e calmo. Normalmente, o taurino é calmo, mas ele pode ficar furioso, e, quando fica furioso, ele se assemelha a um Touro em sua fúria cega. Mas o que pode deixar um taurino furioso? Certamente, ameaçar seu forte sentido de estabilidade. Tentar tirar algo dele. Taurinos são possessivos, com pessoas, com coisas, com tudo. É de sua natureza ser assim. Lembre-se de que estão aqui para aproveitar a vida, e, portanto, defendem apaixonadamente aquilo que faz parte de sua realidade. 

Como o animal que os representa, as pessoas desse signo são muito fortes. Elas também tem um componente em sua personalidade muito ligado a natureza e aos instintos. São pessoas sensuais, ligadas ao mundo real. Mesmo os taurinos mais aparentemente 'avoados' têm um lado sólido em sua personalidade. Preferem amores que acontecem a amores platônicos, e coisas que funcionam a teorias, por mais atraentes, deslumbrantes e interessantes que estas teorias sejam. Na realidade, para Touro, não há nada mais interessante do que aquilo que é palpável, visível e que 'de fato existe'. 

E o que dizer de sua propalada teimosia? Certamente, está ligada a sua necessidade de segurança. E segurança é não mudar algo, porque se você muda, corre o risco de perder. Taurinos são teimosos porque não abrem mão facilmente do que têm - opiniões, idéias, conceitos, hábitos. É um signo fiel por natureza. Fiel ao que construiu, fiel ao que vem fazendo, fiel aos seus afetos, ao seu passado, aos seus antepassados. Enfim, fiel! Tem um respeito quase religioso por tudo o que custou trabalho e foi mantido. É capaz de olhar de um outro jeito para uma obra como uma pirâmide no Egito, pois a solidez (e o engenho) de uma obra como aquela o deslumbra. 

Sendo um signo tão ligado a natureza e ao mundo concreto, e capaz de apreciá-los profundamente, a ligação mais forte do taurino é com a mãe. A razão para isto é que sabe-se que a figura feminina sempre simbolizou o corpo físico, enquanto a masculina simboliza o espírito. Evidentemente, cada um de nós tem uma parcela das duas figuras dentro de si, mas a mulher, pela possibilidade de dar a luz, tem uma ligação corporal naturalmente mais forte. Para Touro, a segurança está sempre na matéria, e a mãe é a figura de segurança para o taurino. 

O taurino se identifica com a mãe, e a mãe também o cobre de atenção. Ela faz para o taurino o que uma 'Mãe Terra' fértil faria para um povo. Taurinos são 'bem supridos' por alguma figura feminina importante. Todos os taurinos são um pouco mimados quando pequenos, mesmo que mais tarde digam que não. Muitos serão aquelas crianças que dormem na cama dos pais, entre o casal. Ou aquelas crianças que pedem algo e são atendidas. Não é de se espantar que o lado afetivo (e também possessivo) seja bem desenvolvido em sua personalidade. Na infância, taurinos se apegam fortemente as 'suas' coisas e pessoas. Porém, desde cedo é necessário lhes dar uma noção de limites, pois seus desejos podem facilmente monopolizar a casa toda. É um signo de apetites fortes e de uma firmeza natural. Por isto, taurinos que não são contidos na infância podem se tornar muito vorazes e pouco adaptáveis quando adultos, fazendo com que tudo gire em função de seus desejos e necessidades.

A natureza do taurino é simples, Touro não é um signo de ‘complicar a vida’. Encanta-se com a vida, quer fazer parte dela, por isto tem natureza simples. O amor a vida, a natureza, ao momento presente faz do taurino uma personalidade afetiva, embora também obstinada (pelo desejo de reter tudo isto), mas normalmente demora para se perceber um pouco este segundo lado, pois há sempre certa docilidade e algo atraente e agradável em cada taurino. E eles sabem disso. 

Muitos também comentam da lentidão do taurino. É verdade que em muitas tarefas ele não gosta de ser apressado. O movimento do Touro é sempre pela segurança. Touro sabe que é preciso certeza a cada passo para se ter segurança. Daí derivando a sua proverbial lentidão. Taurinos querem estar seguros do que sabem, do que estão aprendendo, do que estão fazendo, de tudo, enfim. Além disso, sendo Touro um signo tão apreciador do mundo físico, Touro sabe que dificilmente algo sai bem feito se não for 'lapidado', feito artesanalmente, passo a passo. 

E o lado mais conservador do taurino? Muitos podem se dizer abertos a mudanças, mas em campos específicos de suas vidas têm mentes conservadoras. E, nesses campos, não é muito fácil convencê-los. Podem ser absolutamente teimosos e refutarem qualquer argumento racional, por mais convincente que seja. O que importa não é a consistência do argumento, e sim, o que eles 'sabem'! Nessas horas, eles pensam com o corpo, que acumula experiências, e não com a mente. Eles pensam no que funciona para eles, no que é seguro, e não nas ‘inovações’ ou 'razões' que estão sendo propostas. Às vezes, isto vai funcionar a favor do taurino, como uma espécie de sabedoria de 'saber o que está fazendo'. Às vezes, isto vai funcionar contra, com o taurino insistindo em algo que qualquer um, menos ele, sabe que ele não deveria insistir. 

Também conhecido é o apego do taurino a bens materiais. Os tipos menos evoluídos podem avaliar tudo pelos bens e terem uma mente bastante materialista. Os bens materiais podem ser a maior fonte de segurança destes taurinos primitivos. Os tipos mais evoluídos continuam a ser eminentemente físicos e gostam de 'ter' as coisas, mas não fazem delas 'o centro do universo' como os primeiros. Segurança continua a ser importante, mas não é 'tudo' e nem serve para avaliar pessoas.  

Touro é o signo da conservação e da manutenção. Os taurinos têm um talento incomum para darem continuidade, para manterem algo. Muitos signos acham simplesmente aborrecida a tarefa de 'continuar' algo, mas Touro é o construtor do Zodíaco. Ele não só trabalha lentamente para construir sua segurança, como também sabe conservá-la. Muitas vezes, é na manutenção e na continuidade que Touro retira o prazer, pois o prazer está em ver a continuidade e existência de uma Obra. Para os outros signos, pode ser incompreensível este lado voltado para o que é real e para 'continuar o que já existe', mas para é Touro o signo encarregado da preservação e continuidade. Os movimentos geológicos estariam muito associados a Touro. Um rio que esculpe lentamente o seu leito. Montanhas cujos cumes vão se arredondando ao longo de centenas de anos. Certas coisa vão 'mudando' enquanto vão sendo mantidas. Talvez seja este o milagre que Touro busque: o da vitalidade e essência que se conserva. Enquanto muda.